Alimentação Para tratar Endometriose – 5 dicas de como reduzir a inflamação no seu corpo!

1

 

Faz algum tempo que já é sabido o poder da alimentação como grande aliada no tratamento de várias doenças. E a alimentação para tratar endometriose não é diferente. Principalmente para aquelas que sofrem com as dores severas da doença.

 

Quando se fala em endometriose e alimentação ainda há muitas dúvidas. Já traduzimos um artigo italiano sobre o assunto, que fala sobre o que ingerir, o que ingerir menos e o que não ingerir, mas diariamente recebo mensagens e emails sobre o assunto. 

Muitos alimentos são consideradas inflamatórios, por isso ao fazer uma refeição mais saudável você pode escolher alimentos que reduzem os efeitos inflamatórios no seu organismo.

 

Ou o contrário. Se você consumir muitos alimentos industrializados, com alto teor de gordura ou açúcar você pode aumentar a inflamação no seu organismo. Eu mesma fiz minhas escolhas e, há cinco anos, faço trocas para manter uma alimentação mais saudável. 

 

Esse meu hábito se intensificou na gravidez e no pós-parto por conta da amamentação. Aliás, durante minha gravidez evitei alguns alimentos para não dar cólica na minha filha, e graças a Deus, ela não teve nenhuma cólica se quer. 

 

Por conta deste meu novo hábito (também não passo vontade, mas equilibro bem) a introdução alimentar dela foi excelente e hoje ela ama frutas, legumes e verduras. 

 

A pedidos de muitas leitoras, a doutora Graciela Morgado dá dicas cinco dicas de alimentação para tratar endometriose que irão ajudar a combater às dores. Beijo carinhoso! Caroline Salazar

 

Por doutora Graciela Morgado

Edição: Caroline Salazar

 

A dor é o principal sintoma da endometriose. E meu texto é especialmente para aquelas que sofrem com as fortes dores da doença.

Você sabia que alguns ajustes na alimentação podem ajudar a aliviar os sintomas da endometriose?

Os focos de endometriose são os responsáveis pela produção de substâncias inflamatórias que agravam os sintomas da doença.

Por isso, é muito importante manter uma alimentação saudável.

Alguns alimentos possuem ação anti-inflamatória e podem auxiliar a diminuir os incômodos da patologia.

Hábitos alimentares que podem contribuir para o alívio da endometriose:

– Reduza a ingestão de alimentos que provoquem reação inflamatória. Carne vermelha, leite, queijos e derivados, frituras, açúcares, alimentos embutidos, bebidas com gás e farinha branca são substâncias que devem ser evitadas;

– Aumente a ingestão de verduras, legumes e frutas em geral;

– O Ômega 3 pode ser um ótimo aliado para portadoras de endometriose. Estudos apontam que essa substância contribui para a diminuição dos níveis do hormônio estrogênio. Aposte em alimentos como batata-doce, abóbora, cenoura, verduras escuras (rúcula e espinafre, por exemplo) e principalmente peixes como o salmão e o atum;

– Cuide da sua imunidade. Alguns alimentos podem ajudar a fortalecer o sistema imunológico, por exemplo: as castanhas;

– Aumente o consumo de alimentos com antioxidante, que ajudam a combater reações inflamatórias. Os cereais podem ser bons aliados nesse caso. Além dessas dicas, é importante realizar exercícios físicos e procurar um nutricionista. Esse profissional poderá adequar a sua dieta para alimentos mais saudáveis e impedir a falta de nutrientes importantes. Cuide-se!

 

Dr Graciela Morgado explica sobre Alimentação Para tratar Endometriose

Sobre a doutora Graciela Morgado Folador:

Ginecologista e obstetra, Graciela Morgado Folador tem Pós-graduação em Endometriose, em Cirurgia Minimamente Invasiva, em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida e Especialização em Vídeo-histeroscopia. É membro da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH), da Sociedade Brasileira de Endometriose (SBE) e da Advancing Minimally Invasive Gynecology Wordwide (AAGL). É médica-colaboradora do setor de Endometriose do Hospital das Clínicas de São Paulo, USP. Siga a fanpage da doutora Graciela.

Fonte: Pixabay

1 comentário

  1. Maria Nogueira Em

    Olá Carol
    Valiosíssimas essas dicas. Parabéns pelo seu trabalho. Luto contra endometriose a 13 anos e estou no pós operatório da 3• e mais agressiva cirugia da endo. A alguns meses quando descobri que minha endometriose havia voltado e com força, comecei a sentir mais meu corpo e sem procurar estudar sobre alimentação fiz por intuição algumas mudanças, diminuindo principalmente carne e farinha branca. Bingo! Foi incrível a diferença que fez, ate estava achando que nem precisaria mais fazer a vídeo hahaha de tão bem que meu organismo reagiu. Agora o meu médico já me alertou, como não posso mais usar hormônio devido a outros problemas, minha única saída será investir na mudança de hábitos alimentares e exercícios que fortaleça a pelve. Defendo muito esse método e acho incrível pessoas como você que ajuda a espalhar esse conhecimento. A 13 anos me sentia sozinha por estar com uma doença que nem os médicos conhecia direito. Agora fico muito feliz em ver que a vida fica mais leve quando temos com quem compartilhar dúvidas angústias e informações mais do que úteis! Parabéns pelo seu trabalho lindo!
    Beijos 😘