Publieditorial: Como a alimentação e suplementação podem melhorar a qualidade de vida das endomulheres?

0

Por Letícia Silva, farmacêutica Fagron
Edição: Caroline Salazar

A endometriose é uma doença que afeta a vida de muitas mulheres e, apesar da alta incidência, ainda é uma condição que deixa muitas delas debilitadas e sem qualidade de vida por conta de alguns sintomas, como a dor.

Porém, com o passar do tempo, entendeu-se que melhorar alguns hábitos podem ajudar a paciente a diminuir alguns dos sintomas relacionados à doença, especialmente, a dor.

Dentre estes hábitos, a alimentação é fundamental. Os alimentos não causam e nem curam a doença, porém há uma relação entre alimentos e endometriose.

Uma alimentação adequada confere diversos benefícios ao organismo e pode ser utilizada como coadjuvante no tratamento de pacientes com endometriose.

É indicado que as pacientes consumam alimentos ricos em antioxidantes e fibras, além de aumentar a ingestão de gordura boa, como as mono e as poli-insaturadas – um exemplo é o ômega-3.

Entretanto, alguns alimentos devem ser evitados, pois podem aumentar o processo inflamatório. Ultimamente, as pessoas estão cada vez mais susceptíveis a escolher alimentos ultraprocessados, como frituras e embutidos, muitas vezes pela falta de tempo e por não terem a real ciência de quão maléficos estes alimentos são para o organismo.

Além disso, há alimentos que possuem fitoestrógenos, como a soja, que devem ser consumidos com cautela por pacientes com a doença, haja vista que estes compostos possuem estrutura química similar aos estrogênios. 

Concomitante à alimentação, pacientes com endometriose também podem optar por suplementos que irão ajudar a se manter na dieta além de contribuírem como antioxidantes e anti-inflamatórios, melhorando os sintomas relacionados a doença.

Alguns suplementos que ajudam a aumentar a saciedade e a melhorar o funcionamento do intestino podem ser indicados. Além disso, fazer com que o corpo esteja livre de toxinas ou outras substâncias nocivas, também é importante.

Desta forma associar suplementos detox à uma dieta equilibrada garante que o organismo continue funcionando adequadamente.

Cuidar do intestino para garantir que o indivíduo seja saudável e evite o surgimento de algumas doenças é um assunto que está sendo muito discutido e estudado recentemente.

Há alguns alimentos que devem ser inclusos na dieta, principalmente os que são ricos em fibras, por apresentarem efeito prébiótico que ajudam a manter a flora intestinal balanceada além de evitar alimentos que são agressivos para a mucosa intestinal.

O Carob Active™ é indicado, pois é rico em fibras 100% solúveis que propiciam maior saciedade além de ter efeito muito benéfico para a saúde intestinal.

Devido a presença das fibras e alta concentrações de antioxidantes, o Carob Active™ melhora o trânsito intestinal e contribui para a redução de processos inflamatórios causados por radicais livres.

Visando otimizar esses benefícios, há a possibilidade de associação com ProAktin+™ que também apresenta excelente ação anti-inflamatória pela presença de compostos fenólicos, como ácido hidroxicinâmico (HCA) além de ação prebiótica.

ProAktin+™ é indicado também para redução de distensão abdominal que pode ocorrer após a alimentação. Por isso é um grande aliado para pacientes com endometriose, pois muitas sofrem com distensão do abdômen e um suplemento que diminua a incidência deste sintoma tão desconfortável pode ajudar a diminuir a percepção da dor.

Grande parte das pacientes com endometriose sofrem com problemas intestinais, seja por constipação ou intestino muito solto. Desta forma, suplementos que irão promover a regulação do intestino são altamente aconselháveis.

Além disto, além de ajudar a melhorar os problemas intestinais, as fibras também contribuem para a diminuição dos níveis de estrógenos do organismo.

A suplementação por via oral também pode ser utilizada para potencializar o processo de detoxificação do organismo, que deve ser feito através do consumo de alimentos que ajudam o corpo a fazer uma “faxina” e garantir que o organismo funcione adequadamente.

Cactix™ pode ser usado como coadjuvante, pois ele aumenta a excreção urinária, sem deterioração da função renal e em decorrência deste processo, há eliminação de toxinas.

Cactix™ também é um produto rico em Vitamina C, uma vitamina essencial que melhora a imunidade. Além do Cactix™, outro suplemento bastante indicado é o SiliciuMax®, pois de acordo com o resultado de pesquisas clínicas, ele ajuda a diminuir os níveis de alumínio, um metal extremamente tóxico para o organismo.

Apesar da endometriose ser uma doença que ainda não está completamente elucidada, hoje sabe-se que há alternativas e estratégias para melhorar a qualidade de vida das pacientes.

Optar por uma dieta balanceada e suplementação têm efeito benéfico e pode aliviar os sintomas que muitas portadoras sentem.

Entretanto é importante salientar que cada mulher possui suas individualidades e tanto a dieta quanto a suplementação devem ser realizadas sob orientação de um profissional habilitado e especializado no assunto.

Os produtos citados no artigo podem ser encontrados em farmácias de manipulação de todo o Brasil, mas reforço que deve ser prescrito por seu especialista e o tratamento acompanhado por ele (a).

Nunca tome nenhum medicamento sem o conhecimento dele (a) e este artigo é de caráter informativo e não substitui a consulta com o profissional. 

A Fagron, multinacional holandesa, está presente em mais de 30 países e é líder mundial em inovação e otimização no tratamento farmacêutico personalizado. É fundamentada em pesquisa e desenvolvimento científico magistral em que são consideradas as características exclusivas de cada paciente.

Referências bibliográficas

ABOURA I, et al. Protective effects of polyphenol-rich infusions from carob (Ceratonia siliqua) leaves and cladodes of Opuntia ficus-indica against inflammation associated with diet-induced obesity and DSS-induced colitis in Swiss mice. Biomed Pharmacother. 2017 Dec;96:1022- 1035.

GOULAS, V. et al. Functional Components of Carob Fruit: Linking the Chemical and Biological Space. International Journal of Molecular Sciences. 17, 1875; doi:10.3390. 2016.

KHOULOUD A, et al. The effect of Opuntia ficus-indica juice supplementation on oxidative stress, cardiovascular parameters, and biochemical markers following yo-yo Intermittent recovery test. Food Sci Nutr. 2017 Dec 6;6(2):259-268.

KINDLEYSIDES, S., et al, Encapsulated green kiwifruit extract: a randomized controlled trial investigating alleviation of constipation in otherwise healthy adults, Asia Pac J Clin Nutr 2015;24(3):421-429

PAPAKONSTANTINOU E., e al ; Short-term effects of a low glycemic index carob containing 1 snack on energy intake, satiety and glycemic response in normal-weight, healthy adults. Results from two randomized-trials; Nutrition; May 2017

PARAZZINI, F. et al, Selected Food Intake and Risk of Endometriosis. Human Reproduction Vol.19, No.8 pp. 1755–1759, 2004

Raposo NRB. Anti-Aging Effects of Monomethylsilanetriol and Maltodextrin-Stabilized Orthosilicic Acid on Nails, Skin and Hair. Cosmetics 2018, 5, 41;

RICHARDSON, D., et al, The nutritional and health attributes of kiwifruit: a review, European Journal of Nutrition, 2018

Deixe seu comentário