“Com a Palavra, o Especialista”, Doutor Tomyo Arazawa!

0

A endometriose tem diversas formas de se manifestar. Por isso não dá para afirmar que todas essas manifestações vem de uma mesma maneira.

Conversando com médicos – inclusive, um dos assuntos quando estive em Brasília -, e procurando uma forma jornalística leiga de explicar sobre a doença, pressupõe-se que a endometriose profunda vem da fase embrionária, fato que a ciência já comprovou com a doença em fetos.

Como 90% das mulheres têm a chamada menstruação retrógrada, essas que por algum motivo nasceram com a doença, têm mais chances de desenvolver a doença causada por esse refluxo menstrual.

E a outra forma de endometriose é a de parede ou cicatriz, que pode estar associada à cirurgias anteriores. Causa contestada pelo doutor David Redwine, que acredita que este tipo de doença se deva à uma estimulação de tecidos embrionários que foram depositados naqueles locais, durante o processo de cicatrização.

E é justamente sobre essa manifestação, que a leitora tem dúvida.

A outra questão é sobre o diagnóstico. É possível ter certeza que a mulher tem endometriose apenas com relatos dos sintomas e exame de toque? Compartilhe mais um texto exclusivo A Endometriose e Eu e ajude-nos a levar uma nova conscientização da endometriose. Beijo carinhoso! Caroline Salazar 

Atenção: Esta coluna existe para tirar sua dúvida e para que você vá mais informada na sua próxima consulta. Porém, ela não substitui sua consulta médica, e, em hipótese nenhuma, tratamos de casos específicos nesta seção.

– Tenho endometriose de parede abdominal, como posso saber o grau da minha doença? Bettyane Alves – Francisco Dantas, Rio Grande do Norte

Doutor Tomyo Arazawa: Olá Bettyane! A endometriose de parede abdominal geralmente está associada a um antecedente de cirurgia prévia, como a cesariana.

Nesses casos, independente de qualquer coisa, é preciso fazer um mapeamento adequado da pelve por meio de ultrassonografia transvaginal com preparo intestinal ou da ressonância magnética de pelve com preparo intestinal.

Mas faça com profissionais com experiência em diagnóstico de endometriose por imagem.

– Um ginecologista pode confirmar se tenho endometriose apenas com os sintomas relatados pela paciente e pelo exame de toque? Day Oliveira – Camaragibe, Pernambuco

Doutor Tomyo Arazawa: Olá Day! Não é possível confirmar com 100% de certeza baseado na história e exame físico. Porém, quando essas duas informações sugerem a doença, a probabilidade de acerto é bem alta.

Por isso precisamos de exames de imagem para correlacionar com essas informações, e eventualmente, da laparoscopia, que é a forma de ter 100% de certeza se tem ou não a doença.

 

Sobre o doutor Tomyo Arazawa:

Médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), doutor Tomyo Arazawa fez sua Residência Médica e especialização em Ginecologia e Obstetrícia no Hospital das Clínicas da FMUSP. Foi o Preceptor de Ginecologia da FMUSP e se especializou em cirurgias minimamente invasivas (Endoscopia Ginecológica) também no Hospital das Clínicas da FMUSP, tais como cirurgias laparoscópicas, histeroscópicas e cirurgias robóticas.

Tem título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia e em Endoscopia Ginecológica, ambas pela FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia). É membro da Sociedade Paulista de Ginecologia e Obstetrícia (SOGESP), da American Association of Gynecologic Laparoscopists (AAGL) e da International Pelvic Pain Society (IPPS).

Comments are closed.