O que realmente significa ter endometriose?

0

O que realmente significa ter endometriose?

Essa é uma pergunta que somente uma endomulher que sofre ou já sofreu alguma consequência da doença pode responder.

Porém neste texto, o doutor Andrew Cook resumiu muitíssimo bem os efeitos que a endometriose pode causar numa mulher.

E, para milhares delas, eles são devastadores e irreparáveis. A endometriose ainda é uma doença pouco compreendida pela maioria dos médicos.

Por isso ler um texto como este nos dá acalento e a certeza que não somos loucas. Não é fácil ser portadora de endometriose.

Não é fácil sentir dores 24 horas por dia, sete dias na semana. Não é fácil parar nossa vida por conta de uma doença. Não é fácil adiar sonhos, planos por conta de uma doença tão devastadora e ainda tão incompreendida quanto a endometriose.

Em alguns momentos o doutor Cook cita a endometriose como “devastadora”, “frustante” e a dor como “excruciante”. Eu fico até aliviada ao ler isso de um especialista como ele, pois quantas de nós já não ouviu de médicos – até mesmo de especialistas – que “sua dor é psicológica”, “você não sente tanta dor assim”, “procure um psiquiatra”.

Precisamos falar mais e mais sobre a endometriose, mas é preciso falar a verdade, explicá-la da forma correta, desmistificá-la para que a sociedade entenda que a cólica forte não é frescura, que a dor da endometriose não é frescura.

Infelizmente, muitas vezes, quando a endomulher está com muita dor ela não consegue levantar da cama, e até mesmo pegar um copo de água pode ser uma tarefa bem difícil e muitas vezes impossível.

Por isso tenho certeza que este texto do doutor Cook ajudará a abrir muitas mentes ignorantes sobre o assunto. Faça sua parte, compartilhe e ajude-nos a espalhar a correta conscientização da endometriose e acabar com essas mentes ignorantes.

Beijo carinhoso! Caroline Salazar

 

Por doutor Andrew Cook

Tradução: Míriam Ávila

Edição: Caroline Salazar

 

O que realmente significa ter endometriose?

A endometriose, por definição, é um problema de saúde pelo qual um tecido semelhante ao endométrio (o revestimento do útero) existe fora do útero.

Este tecido do tipo “rogue” do endométrio geralmente envolve o peritônio, uma fina camada de tecido que alinha as estruturas pélvicas, o intestino, a bexiga e os ovários.

Muito francamente, algumas destas condições médicas podem ser bastante secas e aborrecidas e não transmitem o que na realidade é para uma mulher ter essa doença e como realmente afeta sua vida, sua família, sua carreira, sua vida sexual e sua habilidade para viver a vida de maneiras muito básicas.

Na realidade, a endometriose é como ter dezenas ou centenas de bolhas excruciantemente dolorosas cobrindo o interior da pelve. A infertilidade e a dor pélvica são os dois sintomas mais comuns de endometriose.

Na realidade, esta doença é como ter dezenas ou centenas de bolhas excruciantemente dolorosas cobrindo o interior da pelve.

Sua dor pélvica é causada pela endometriose?

Os pacientes com endometriose podem sentir uma dor horrorosa – para as sortudas podem durar apenas alguns dias durante o período menstrual, e no pior dos casos, a dor é 24 horas, sete dias por semana.

A dicotomia entre a forma como as mulheres com endometriose parecem bem por fora, mas que estão sentindo dor excruciante por dentro pode fazer com que até mesmo pessoas bem intencionadas venham a duvidar da gravidade de sua dor.

A maioria das mulheres começa a sofrer com dor na adolescência, às vezes até começam já no ensino médio. Apesar de aparecer ao mesmo tempo, esta dor é completamente diferente das cólicas menstruais normais. Não é incomum para essas meninas perderem alguns dias de escola por mês devido à dor cíclica que pode exceder o nível de dor que pacientes experimentam após uma cirurgia maior.

A falta de conhecimento desta doença pode deixar essas garotas sem um diagnóstico correto e o apoio de seus médicos. Isso pode levar à falta de tratamento adequado para a dor e invalidação da situação da paciente. Sua família agora é levada a acreditar que as questões psicológicas provocam a gravidade de sua dor.

Nessa situação trágica, ela é efetivamente presa e torturada por seu próprio corpo em plena luz do dia, sem ninguém que compreenda sua situação ou possa realmente lhe ajudar.

Nessa situação trágica, ela é efetivamente presa e torturada por seu próprio corpo em plena luz do dia, sem ninguém que compreenda sua situação ou possa realmente lhe ajudar.

Saiba como acabar com esse sofrimento:

Os sintomas geralmente progridem à medida que ela amadurece e se torna uma jovem mulher. Tanto a gravidade quanto a duração da dor geralmente aumentam.

Inicialmente, a maioria dos dias é sem dor, mas o número desses dias diminui lentamente até que haja um maior número de dias em que a dor é insuportável.

A imprevisibilidade do crescente número de dias com dor torna um desafio manter uma vida funcional. Torna-se cada vez mais difícil fazer planos para uma data futura, pois é mais provável que seja um dia com dor e ela não poderá comparecer ao seu compromisso com a atividade.

Como doença, a endometriose pode remover muitos aspectos adicionais de uma vida normal. As mães não podem satisfazer as necessidades de seus filhos quando a dor é muito forte e elas não conseguem funcionar. As esposas tentam ultrapassar a dor para ter relação com seus maridos, mas, eventualmente, a dor torna-se demasiado intensa para continuarem.

A fadiga contínua é tão grave como para quem sofreu um câncer avançado na maioria dos casos. Os problemas de inchaço, mau humor, na bexiga e no intestino também são comuns.Deixa de se sentir como uma mulher vibrante e desejável. Agir como a mulher amorosa, mãe e parceira que ela realmente é, torna-se cada vez mais difícil. O estresse nas relações familiares é comum e real.

Mesmo nesta fase, a maioria das mulheres luta contra a doença, recusando-se a deixá-la assumir completamente a sua vida. Você provavelmente passa por elas em público, sem ter idéia da devastação com a qual eles estão lidando. Na maioria das vezes elas se levantam, se vestem de coragem e fazem o seu melhor para viver uma vida normal.

A definição médica para endometriose não descreve a realidade do que significa ter endometriose. Na próxima vez que você ouvir falar sobre endometriose, lembre-se de quão devastadora esta doença pode ser para uma mulher.

Enquanto a endometriose pode ser frustrante, se você tem uma amada, amiga ou colega de trabalho que sofre de endometriose, lembre-se de tratá-las com respeito e compaixão.

Fonte: Vital Health  

Comments are closed.