Recomeçar: a oportunidade da constante mudança e transformação!

0

Por Caroline Salazar
Edição: Nathalia Veras

Todo início de ano a primeira palavra que vem à nossa mente é: recomeçar. Todos os dias, ao acordar, temos esta oportunidade divina de recomeçar algo, mas essa ação fica ainda mais clara quando começa um novo ano.

E, em 2019, não será diferente. Em 2018 escrevi o primeiro texto sobre recomeço no blog e foi o maior sucesso. Não estou falando apenas em sucesso de cliques, mas sobre a ajuda que o relato da Renata deu às endomulheres que estavam passando pelo mesmo problema: superação de uma superação. A dela, no caso, foi na véspera do Natal.

No primeiro texto de 2019 quero falar de novo sobre recomeçar, especialmente àquela que está há anos com dores, muitas vezes sem conseguir se levantar, até mesmo nas festas de fim de ano. Se você passa por isso, saiba que não está sozinha!

Para quem me acompanha desde a época que o blog era meu diário, lembra bem como eu vivia, como eram meus dias de dores e sabe que já passei festas de fim de ano de molho.

Mas, mesmo assim, sempre deixei explícito que minha fé, mesmo naqueles momentos que a esperança quase se esvaía, sempre teve uma força maior sobre tudo que eu passava na época.

Recomeçar nunca é fácil, mas é necessário. Todos os dias Deus nos dá a oportunidade de recomeçar. Essa é a dádiva da vida! E a fé alimenta a esperança de dias melhores.

A fé é o que nos move para recomeçar e, com informação correta, você vai conseguir buscar o tratamento correto, e conquistar sua tão sonhada qualidade de vida. Essa fase vai passar!

Acredite, é só mais uma fase, você vai superar. Assim como eu consegui, a Renata também conseguiu e você também irá.  Basta você se dar esta chance e acreditar. Pense nisso com carinho!

Todos nós temos a chance de recomeçar algo a qualquer momento, independente do dia e do mês e do momento que você está passando na sua vida, em especial, nesta época do ano que é tão propícia a isso. Afinal, após toda tempestade sempre vem a bonança.

Sei que quando se está com dor às vezes é difícil acreditar em recomeços, mas é possível! Meu recomeço foi este blog, depois a cirurgia de excisão e, em 2018, a transição para o domínio próprio profissionalizando ainda mais o A Endometriose e Eu.

2018 para mim foi um ano de conquistas aqui no site, mas também de muitos desafios. O principal deles foi ter passado praticamente um mês sem postar e sem escrever em decorrência de um problema pessoal, e mesmo assim, ter sido o ano com mais textos autorais produzidos. Isso prova o compromisso que eu e minha equipe temos com nossas leitoras e leitores.  

Pouca gente sabe, mas ano passado perdi meu lar devido à uma tragédia. Estou recomeçando… eu e minha família, mas estamos sempre todos recomeçando. Não podemos desistir, mas insistir e, assim, impactar pessoas e salvar vidas com informações de qualidade.  

Que nosso 2019 seja um ano de muitos recomeços. Que continuemos cumprindo nossa missão de educar a sociedade sobre uma nova conscientização da endometriose. Precisamos mostrar que, em muitos casos, a doença tem solução se tratada corretamente.

Que o seu recomeço e o de muitas endomulheres neste novo ano que está se iniciando seja leve, alegre e que você tenha muita saúde, pois ser guerreira para nós, portadoras, deixou de ser um substantivo e já virou um adjetivo das endomulheres. Que o Maior reine absoluto em sua vida.

Um excelente recomeço a todas as leitoras do A Endometriose e Eu. Feliz novo ano! Beijo carinhoso!

Fonte imagem: Deposit Photos/ Caroline Salazar

Deixe seu comentário