Um 2021 com muita saúde, amor, esperança e realizações!

0

Nossa, que ano foi 2020, hein meninas! Um ano em que um vírus desconhecido e altamente contagioso virou o planeta de ponta-cabeça, impondo o isolamento social praticamente no mundo todo e devastando muitas famílias que perderam seus entes queridos.

Antes mesmo de ter terminado a primeira onda da pandemia, a segunda chegou devastando ainda mais o mundo e, com os casos aumentando, muitos países, inclusive, o Brasil, voltaram a adotar medidas de isolamento social para tentar conter novos casos.

2020 foi um ano totalmente atípico, e só voltaremos próximo do que era antes dessa pandemia nunca vista antes na história, quando a população em massa tiver acesso à vacina.

Uma semana antes da 7ª edição da EndoMarcha Time Brasil foi decretado lockdown e a caminhada foi adiada – em breve farei um post sobre o assunto -, e entramos numa quarentena eterna. Como meu trabalho já era homeoffice, não tive esse problema, mas acumulei a função das aulas online da filhota.

Durante a quarentena, o A Endometriose e Eu comemorou 10 anos em abril. Uma década de uma mídia independente e de utilidade pública. É o único veículo de comunicação que desmistifica a endometriose do ponto de vista científico na língua portuguesa.

19 de fevereiro de 2020 foi aprovado por unanimidade na Câmara dos Deputados o projeto de lei que institui o dia 13 de março, o Dia de Luta contra a Endometriose e a Semana Nacional de Educação Preventiva e Enfrentamento à Endometriose”, e seguiu para votação no Senado.

Porém, devido à pandemia do novo coronavírus, as prioridades passaram a ser outras, e a votação do PL 6215/2013 (onde o PL 3047/2019 foi apensado) ainda não tem data para acontecer.

2020 foi um ano de muita resiliência para superar às perdas que cada um de nós tivemos por conta da pandemia do Covid-19. Ao mesmo tempo, foi um momento de colocar em prática novos projetos.

E foi assim que surgiu o EndoConectadas, o primeiro clube de assinaturas voltado à endometriose e às endomulheres com conteúdos exclusivos em vídeos. São 2 vídeos por semana e 2 encontros por mês, além do acesso a todas as lives realizadas no Instagram @aendoeeu.

Durante a pandemia comecei a fazer lives semanais no Instagram. Toda quarta-feira uma live diferente com especialistas de diversas áreas e com a abordagem que você só encontra por aqui. Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube.

2021 será regido por Vênus, o planeta do amor. O novo ano sob regência de Vênus promete novidades, amor e também inicia-se uma nova era na astrologia, a Era de Aquário.

Já na numerologia, a somatória de 2021 dá o número 5, que representa mudanças e transformações. E é realmente o que estou esperando diante desse 2020 que nos fez nos conhecer melhor e nos reinventarmos.

No horóscopo chinês, a partir de 12 de fevereiro de 2021 a 31 de janeiro de 2022, o Boi será o regente sob o elemento Metal. O Boi é um animal trabalhador, responsável e disciplinado. Será um ano de muito trabalho e também ligado à família, uma vez que o Boi é considerado ‘família’.

Em 2021, o A Endometriose e Eu fará 11 anos em abril. Mais de uma década levando informação de qualidade e, há 8 anos, estudando e divulgando informações científicas que desmistifica a endometriose. Tenho muito orgulho de ser a autora desse pioneirismo.

2021 também promete novos projetos por aqui e novas campanhas de conscientização. Em 2020 comecei a falar sobre o ciclo menstrual saudável, e a partir de agora, quero abordar mais o assunto, pois precisamos tirar o estigma de que o período menstrual deve ser doloroso e sinônimo de sofrimento.

Quem tem endometriose sabe que saúde é nosso bem mais precioso. Então, antes de tudo, desejo sempre muita saúde. Também espero que 2021 seja um ano melhor que 2020. Que a luz invada e irradie por toda sua vida, em todos os âmbitos.

Que sua passagem de ano seja de muita energia positiva, muita luz, muita alegria e união. Beijo carinhoso! Caroline Salazar e equipe!

Deixe seu comentário