Campanha “Vamos falar sobre a EndoInfertilidade”?

0

Você sabia que cerca de 8 milhões de pessoas são inférteis no Brasil? Homens e mulheres têm a mesma taxa de infertilidade: 40%, e os outros 20% atribuem a causas não aparentes, ou seja, não identificada.

Junho é o mês mundial de conscientização da infertilidade, e como fazemos há alguns anos no blog, dedicamos o mês para falar mais sobre o assunto, especialmente, da EndoInfertilidade.

Neste ano, o A Endometriose e Eu, pioneiro em muitas frentes no Brasil, lança a campanha “Vamos falar sobre a EndoInfertilidade” (que está no fim deste texto) não só para ajudar na conscientização da infertilidade, mas também para alertar que o tratamento incorreto da endometriose pode gerar uma queda brusca na fertilidade feminina.

Conversando com a doutora Hitomi, presidente da SBRA – Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida -, sobre dados de infertilidade e endometriose, ela confirmou que se não tratada corretamente, a doença gera uma queda de 10 vezes mais na fertilidade das endomulheres.

Por isso falamos tanto, desde junho de 2012, que a cirurgia correta da endometriose, além de ter mais chance de curar a doença, também pode ser responsável por restaurar a fertilidade feminina.

As muitas cirurgias repetitivas (cauterização) geram ainda mais aderências, e essas aderências são uma das consequências que podem causar a infertilidade na mulher.

Além de claro, cada cirurgia a mais na região pélvica gera uma perda ovariana. E, se a cirurgia for nos ovários, aí essa perda é ainda mais significativa.

Em 2013 criei no blog do blogspot a coluna “Superando a EndoInfertilidade”, que trouxe para o novo domínio, para falarmos mais sobre a infertilidade proveniente da endometriose.

De 100% das portadoras de endometriose, cerca de 30 a 50% poderão ter dificuldade para engravidar. Esse é um dado mundial, e não apenas no Brasil, mas que pode ser agravado naquelas pacientes que operam a cada ano, a cada 2, 3, 4 anos e por aí em diante.

Por isso alertamos sobre a importância do tratamento correto da endometriose, especialmente, se no seu caso for indicado a cirurgia. Procure um especialista que faça a cirurgia completa, a de remoção total dos focos, e não a incompleta (cauterização). Leia também o texto: “Existe cura para endometriose?”, do doutor Andrew Cook.

Óbvio que, em alguns casos, creio eu que não na maioria, a cirurgia de excisão não pode ser feita, como já falamos na tradução do texto do renomado cirurgião excisista americano, doutor Robert Albee. 

Compartilhe nossa campanha da endoinfertilidade e ajude-nos a salvar vidas femininas da dor da infertilidade. Beijo carinhoso!

Deixe seu comentário