EndoMarcha 2020: Manaus participará da 7ª edição no dia 28 de março!

0

Após anunciar duas importantes capitais do Nordeste, Recife e Sergipe, é com grande satisfação que comunico a entrada na EndoMarcha 2020 de mais uma importante capital: Manaus.

A capital da Amazônia até o momento fará a tríade da região Norte  com Boa Vista, em Roraima, e Belém, no Pará, na 7ª edição da Marcha Mundial pela Conscientização da Endometriose que será realizada no dia 28 de março de 2020.

A coordenadora é a Goreth, que conheci em julho de 2018, quando esteve em São Paulo para se consultar com um dos parceiros do A Endometriose e Eu. Ela entrou em contato comigo e sugeri que viajasse à capital paulista para se consultar com um especialista.

E assim ela fez e a gente se conheceu. Ela só não coordenou a caminha em 2018, pois precisou passar por nova cirurgia, pois na primeira seus focos tinham sido cauterizados, e não retirados pela raiz. 

Você está satisfeita com o que tem hoje para se tratar? Como você quer ser tratada amanhã? E se sua filha ou neta tiver endometriose, você quer que ela receba o mesmo tratamento que você, onde o pouco caso ainda impera?

Como você quer que ela seja tratada? Da mesma forma que você?

Você sabe o que reivindicamos neste dia?

  •   Tratamento gratuito, correto e digno pelo SUS em pelo menos todas as capitais do Brasil;
  • Garantia dos mesmos direitos dos portadores de doenças tão graves quanto à endometriose, que viabiliza a isenção de impostos a carros adaptados, por exemplo, os de câmbio automático. Você sabia que muitas portadoras vivem à base de morfina e seus derivados em razão das fortes dores, inclusive nas pernas, limitando seus movimentos?  
  • O INSS tenha a endometriose como doença incapacitante enquanto a portadora estiver impossibilitada de exercer suas atividades;
  • Mais profissionais capacitados para realizar o diagnóstico precoce, realizar a correta cirurgia de remoção total a doença, recursos diagnósticos e centros de referência em todas as capitais brasileiras;
  • Melhor formação dos profissionais nas universidades. 

Se você acha que os tópicos listados fazem parte do seu direito de cidadã que paga seus impostos em dia, junte-se a nós no dia 28 de março de 2020.

E se você quer saber mais por que precisamos lutar por políticas públicas para as portadoras, leia o texto “Por que precisamos lutar por políticas públicas para as endomulheres?”

Até o momento 23 cidades estarão juntas na 7ª edição: São Paulo, Sorocaba, Leme, Santos (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte, Uberlândia (MG), Goiânia (GO), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Curitiba, Londrina, Maringá (PR), Florianópolis (SC), Salvador, Feira de Santana (BA), Recife (PE), Aracajú (SE), Foleza (CE), São Luís (MA), Boa Vista (RR), Manaus (AM) e Belém (PA).

O Brasil é o país com mais cidades inscritas e motivo de muito orgulho para mim, pois, caminhando para a 7ª edição, percebo que as endomulheres estão acordando para reivindicar seus direitos e tratamento adequado.

A união faz a força e juntas somos mais fortes. Beijo carinhoso! A capitã, Caroline Salazar

Comments are closed.